Tipos de dados de localização usados pela Google

Diferentes tipos de informação sobre a localização podem ser utilizados em vários produtos da Google.

Informações de localização implícita são informações que não dizem exatamente onde o dispositivo do usuário está localizado, mas permitem inferir que o usuário tem interesse no local ou pode estar no local. Um exemplo de informação de localização implícita seria uma consulta de pesquisa digitada manualmente para um determinado lugar. As informações de localização implícita são usadas de várias maneiras. Por exemplo, se o usuário digitar "Torre Eiffel", inferimos que ele quer ver informações sobre lugares próximos a Paris e podemos usar isso para fornecer recomendações sobre esses locais.

Informações sobre tráfego de Internet, como endereço IP, normalmente são atribuídas em blocos baseados em país, de modo que podem ser usadas pelo menos para identificar o país do dispositivo do usuário e fazer coisas como fornecer o idioma e a localidade corretos para consultas de pesquisa. Essas informações são enviadas como parte normal do tráfego de Internet.

Alguns produtos, como navegação passo a passo no Google Maps para dispositivos móveis, utilizam informações de localização mais precisas. Para esses produtos, normalmente o usuário precisa ativar serviços de localização baseados no dispositivo, que são serviços que usam informações como sinais de GPS, sensores de dispositivo, pontos de acesso Wi-Fi e IDs de torre celular, que podem ser utilizadas para inferir ou estimar o local preciso. O usuário pode, posteriormente, optar por desativar os serviços de localização baseados em dispositivo. Certos dispositivos e/ou aplicativos também podem oferecer configurações adicionais de controle de local para esses serviços de localização baseados no dispositivo. Por exemplo, em alguns produtos, o usuário pode escolher se deseja armazenar esses locais no histórico do produto ou da conta.